Home » Sustentabilidade

PORTUGAL: Tecnologia sustentável aplicada no Metrópolis e Torre Ocidente

1 Junho 2011 No Comment

A Revista ImobiliárioOJE, na sua edição deste mês dedicada a Tendências & Eficiências, onde a Sustentabilidade é parte integrante, faz referência a dois projectos onde a Mota-Engil Engenharia tem o seu cunho: o Projecto Metrópolis e a Torre Ocidente. No primeiro caso, onde a empresa é responsável pela Estrutura, Fundações Especiais e Topometria, vão ser utilizados materiais de revestimento ecologicamente limpos e certificados, bem como sistemas construtivos energicamente sustentáveis, nomeadamente: integração de palas de ensombramento de grande dimensão para reduzir a exposição solar das fachadas a sul e minimizar o custo energético do edifício; utilização de sistemas de iluminação de baixo consumo e controlo automatizado; construção de fachadas com sistemas ventilados para optimizar o comportamento térmico do interior; e utilização de sistemas de climatização de alto rendimento e baixo consumo. Por sua vez, a Torre Ocidente, uma das mais recentes referências no que à optimização de recursos e redução de consumos energéticos diz respeito, utiliza tecnologia mais avançada, contribuindo para um ambiente mais sustentável. Entre as principais soluções técnicas encontram-se as fachadas com vidro duplo com exterior temperado de baixa emissividade, com baixo factor solar 0,23 e coeficiente de transmissão térmica 1,6. A iluminação também não foi esquecida, uma vez que a utilização de lâmpadas fluorescentes T5 com balastros electrónicos, equipados com difusor prismático permite uma maior dispersão de luz, sendo indicadas para utilização com computadores, já que reduz o encadeamento. A panóplia de recursos tecnológicos é imensa e nem a poupança da água foi esquecida. São cerca de 4,9 milhões de l/ano a redução do consumo, fruto da utilização de torneiras com gestão automática e controladores de fluxo, e ainda comandos de autoclismo de dupla descarga.