Home » Destaque

José Tabacão s.m. polivalente; empenhado

15 Maio 2011 No Comment

Este bem que podia ser o sinónimo para José Tabacão num qualquer dicionário de Língua Portuguesa. Diz quem lida de perto com este colaborador de 53 anos, que emprega empenho e dedicação ao seu trabalho diário numa versatilidade e polivalência notáveis. Está na Mota-Engil Engenharia há 37 anos, 20 dos quais como Encarregado. “Comecei com 15 anos como aprendiz de Carpinteiro de cofragem. Um ano depois já estava como aprendiz de Ferreiro. Daí a ser Pedreiro de 2.ª e 1.ª foi um percurso contínuo até chegar ao curso de Encarregados”, esclareceu José Tabacão, à medida que a conversa fluía e as memórias “saltavam” com clarividência. “As últimas empreitadas de actividade principal que fiz foram a Bolsa de Valores e a Cateringpor do Aeroporto, ambas em Lisboa”, relembra. Para este colaborador do Núcleo de Assistência em Garantia, a dificuldade deste tipo de obras passa pela exigência das mesmas, “pelas patologias que são apresentadas pelos clientes e que requerem muito trabalho, muitas vezes em condições adversas, com grandes pressões do Dono de Obra.” José Tabacão já foi de tudo um pouco na empresa, até mesmo Electricista, Manobrador e Soldador, tendo acontecido neste último caso situações que requeriam uma solução imediata e eficaz. Há 17 anos a trabalhar nas obras em Garantia, não tem dúvidas que, “apesar dos problemas terem vindo a diminuir, ainda se encontra muito trabalho que poderia e deveria ser melhorado”, ressalvou, apontando as possíveis causas. “Em alguns casos, pode ser a falta de cuidado, mas existem situações em que a pressa em fazer-se bem e rapidamente, devido ao curto prazo de execução que algumas obras apresentam, é inimiga do sucesso.” Anomalias em Carpintaria, Fissuras, Infiltrações e Anomalias em Redes de Água, Saneamento e Aquecimento são algumas das patologias mais frequentes com que a equipa em que está inserido se depara no dia-a-dia. Contudo, “não há nada que não se solucione com empenho, profissionalismo e experiência, mesmo que o problema seja difícil de detectar.” Existe também o outro lado da moeda, ou seja, nem sempre o que é reclamado é da responsabilidade da Garantia, já que se a manutenção das obras fosse respeitada pelo cliente, muitas das patologias seriam evitadas. Entretanto, e perante os clientes mais sensíveis, “tento demonstrar que podem confiar no nosso trabalho amenizando, assim, qualquer foco de tensão que se possa gerar.” O resultado do nosso trabalho, traduz-se na satisfação dos clientes, o que reflecte o nosso profissionalismo e a forma como encaramos cada problema, cada patologia”, rematou, antes de se preparar para mais uma situação que tem de ser resolvida. Com toda a sua história e dedicação à empresa, José Tabacão não renunciou à Educação e, depois de ter completado o 9.º ano nas “Novas Oportunidades”, encontra-se a frequentar o 12.º ano. Podemos então acrescentar mais um sinónimo à definição deste homem no dicionário: s.m. empreendedor.